Aerosmith is in the house

maiopm512008 13, 2008

 Que o Guitar Hero IV saí no final do ano vocês já estão carecas de saber – tem uma garota por aí que não para de falar nisso. Mas muito mais próximo do final do ano, está Junho, quando sairá o Guitar Hero: Aerosmith. Entre o Guitar Hero II e o GHIII, foi lançado o Guitar Hero: Rock the 80’s para acalmar os fãs sedentos por um novo jogo da série. A idéia era simples, apenas um jogo, sem bundle, com um tema – no caso, músicas dos anos 80.

A idéia deu tão certo que o pessoal da Neversoft e Activision resolveu repetir a dose do “quebra-galhos” entre as edições principais do Guitar Hero e estão lançando entre o III e o IV o Guitar Hero: Aerosmith, porém este virá com força total, inclusive com seu próprio Bundle. Mas calma, vai ter uma guitarra personalizada do Aerosmith? Fora a guitarra nova que deverá sair no final do ano junto com todos os instrumentos? Fora as outras guitarras do Guitar Hero? Fora a guitarra do Rock Band? Meu, é guitarra pra caramba. E quem está reclamando, não é mesmo? 

 

 

Guitar Hero: Aerosmith terá 60% do set list composto por músicas da banda e 40% por bandas que influenciaram o Aerosmith e já tocaram com eles em turnês. Os cenários (ou venues, como são chamados no jogo), retratarão a carreira da banda, desde o início até o estrelato, e focarão só os aspectos positivos da carreira da banda – ou seja, nada de Toxic Twins nos bastidores. Algumas venues foram inspiradas em capas dos álbuns do Aerosmith, como Pump, Nine Lives e toys In the Attic.

O jogo começará com o personagem do Guitar Hero III ou qualquer outro do jogo anterior, e assim que o primeiro set list for terminado, o Aerosmith fará uma entrada triunfal no palco. O jogador começará sendo Joe Perry, guitarrista principal da banda, e no decorrer do jogo poderá destravar Tom Hamilton e Brad Whitford.

A banda inteira participou da produção do jogo, e foram feitos motion captures de todos os integrantes para que os movimentos fossem os mais reais possíveis. O Aerosmith também teve que regravar algumas músicas para que elas entrassem no jogo, como Make It, e Joe Perry regravou a maioria dos solos de guitarra para que eles se adaptassem melhor ao jogo, assim como Steven Tyler também deu uma renovada no vocal de algumas faixas.

O jogo trará mais de 40 músicas, e por enquanto sabemos que estão presentes no set list:

 

Quem é fã da banda (assim como eu) vai perceber que os movimentos do Steven Tyler não poderiam ser mais fiéis, que o jeito de tocar do Joe Perry é igual ao do palco, e o gameplay é fantástico. Enfim, acho que Guitar Hero: Aerosmith não decepcionará nenhum pouco os fãs da série, apesar de não ter bateria, baixo, vocal, sanfona, gaita, reco-reco, triângulo, flauta doce e xilofone.

 O jogo começará com o personagem do Guitar Hero III ou qualquer outro do jogo anterior, e assim que o primeiro set list for terminado, o Aerosmith fará uma entrada triunfal no palco. O jogador começará sendo Joe Perry, guitarrista principal da banda, e no decorrer do jogo poderá destravar Tom Hamilton e Brad Whitford.

A banda inteira participou da produção do jogo, e foram feitos motion captures de todos os integrantes para que os movimentos fossem os mais reais possíveis. O Aerosmith também teve que regravar algumas músicas para que elas entrassem no jogo, como Make It, e Joe Perry regravou a maioria dos solos de guitarra para que eles se adaptassem melhor ao jogo, assim como Steven Tyler também deu uma renovada no vocal de algumas faixas.

O jogo trará mais de 40 músicas, e por enquanto sabemos que estão presentes no set list:

 

 

 All Day and All of the Night – The Kinks

All the Young Dudes – Mott the Hoople

Always on the Run – Lenny Kravitz

Back in the Saddle – Aerosmith

Beyond Beautiful – Aerosmith

Bright Light Fright – Aerosmith

Combination – Aerosmth

Complete Control – The Clash

Draw the Line – Aerosmith (Eba!)

Dream On – Aerosmith

Dream Police – Cheap Trick

Hard to Handle – The Black Crowes

I Hate Myself for Loving You – Joan Jet

King of Rock – Run D.M.C.

Kings and Queens – Aerosmith

Livin’ on the Edge – Aerosmith (Eba! 2)

Love in an Elevator – Aerosmith (Eba! 3)

Make It – Aerosmith

Mama Kin – Aerosmith

Movin’ Out – Aerosmith

No Surprize – Aerosmith

Nobody’s Fault – Aerosmith

Personality Crises – New York Dolls

Rag Doll – Aerosmith (EBA!!!)

She sells Sanctuary – The Cult

Sweet Emotion – Aerosmith

Uncle Salty – Aerosmith

Walk This Way – Aerosmith and Run D.M.C.

            Vai dizer que não tem uma música aí na lista que você não esteja ansioso para tocar ou ao menos bater o seu pézinho no ritmo.

            Quem é fã da banda (assim como eu) vai perceber que os movimentos do Steven Tyler não poderiam ser mais fiéis, que o jeito de tocar do Joe Perry é igual ao do palco, e o gameplay é fantástico. Enfim, acho que Guitar Hero: Aerosmith não decepcionará nenhum pouco os fãs da série, apesar de não ter bateria, baixo, vocal, sanfona, gaita, reco-reco, triângulo, flauta doce e xilofone.

 

 

 

Anúncios

A revolução do rock nos games?

maiopm302008 13, 2008

À pedidos, os comentários serão abertos agora. E quem disse que as pessoas não mudam hein? Fico muito feliz de saber que o blog está tendo uma aceitação legal, espero que continue.

E o que é aquilo alí? É o Guitar Hero? É o Rock Band? Não. É o Rock Revolution, aposta da Konami para entrar no meio dos jogos musicais. Foram confirmadas 40 músicas, e o jogo será para Xbox 360, PlayStation 3, Wii e Nintendo DS. Por enquanto sabemos que Blitzkrieg Bop (Ramones), Detroit Rock City (Kiss), We’re Not Gonna Take It (Twisted Sisters) e All The Small Things (Blink 182) farão parte do sitlist do jogo.

 

 

Pois é, pareceu um tanto quanto tosquinho comparado com Rock Band e Guitar Hero né? Deu pra reparar que a esteira das notas é completamente vertical, no estilo Guitar Freaks, e se prepare para ver a bateria:

 

 

Contou comigo? 1, 2, 3, 4, 5, 6 pads e mais um pedal. Muita coisa pra você? Os 4 pads de Rock Band já te confundem o suficiente? Tudo bem, a Konami vai disponibilizar no jogo a opção de remover o pedal e de praticar freestyle notes durante a música, segundo o site Multiplayer da MTV.

E agora o Guitar Hero ficou mesmo para trás? Rock Band com a sua bateria, esse tal Rock Revolution querendo aparecer, e onde está o Guitar Hero?

Senhoras e senhores, a bateria do Guitar Hero IV é a mais bonita, não tem pra ninguém. Além dela também ter 6 pads e um pedal, no novo gametrailer do jogo aparece um bumbo genial com a marca da série. Não sei como vou fazer pra arrumar mais espaço, mas a minha bateria do Rock Band vai ter que se espremer no canto da sala pra dividir a atenção com a bateria do Rock Band.

Guitar Hero IV também disponibilizará microfones para quem quiser arriscar uma cantoria e um modo de criações de músicas pelo próprio jogador que poderão ser baxadas na rede online por outros jogadores (no máximo 5 músicas por jogador, a princípio). Ou seja, se você fizer uma música muito legal, ela poderá ficar famosa no mundo online, isso sim é ser Rock Star hein.

 

 

Ainda temos o Guitar Hero On Tour que virá para o DS, provando que eles realmente não querem ficar para trás.

 

 

Eu acho o máximo, por mim quanto mais jogos nesse gênero melhor. Não me enjoou nunca, posso tocar mil vezes as mesmas músicas e sempre fico feliz, e meus amigos podem confirmar que as reuniões mais divertidas são aquelas que envolvem uma partida de Guitar Hero ou Rock Band.

 

OBS: Estarei ausente no feriado, em Guaratinguetá tentando trazer a medalha de ouro para o time de handball da Cásper Líbero. (E quem disse que nerds que jogam videogame não sabem jogar esportes hein?). Um bom feriado pra todo mundo, e torçam por mim.