Aula produtiva

maiopm252008 13, 2008

Existem dias em que você acorda no mundo da lua e não consegue se concentrar em nada. Hoje foi um desses dias. Lá estava eu na aula de Ciências Políticas há nove horas e meia e comecei a pensar, “O que será que as pessoas que não jogam videogames pensam sobre os videogames?”. E aí eu precisava saber o que elas pensavam sobre nós, e qual a impressão que elas tinham sobre os consoles da nova geração, e se conheciam os outros. E é claro que eu elaborei um mini questionário e passei pela sala de aula, pois é, é isso que eu faço na aula de Ciências Políticas.

Obrigada pelo pessoal que respondeu (tanto na sala de aula, quanto no msn) e matou um pouco da minha curiosidade.

 

1) Nome

2) Você tem videogames em casa? Quais?

3) Você joga ou já jogou videogames?

4)      Onde?

5)      Qual jogo você joga ou já jogou?

6)      Qual a sua impressão sobre pessoas que jogam videogames?

7)      Quais são seus hobbys?

8)      Qual o melhor videogame da atualidade?

9)      E de todos os tempos?

10)  Qual é o melhor jogo de todos os tempos?

 

1)      Luciano Sasaki

·         Christine Dierkes

·         Mirele Migliavacca

·         Fernanda Romera (dupla!).

·         Caroline Bradnt

·         Renata Casablancas

·         Paulinha Rodrigues (minha irmã mais nova)

·         Bruno Silver

 

2) Sim. Nintendo 64, Nintendinho e Super Nintendo

·         Não.

·         Não.

·         Sim. Tenho o Play2, Mega Drive, Master Sistem e Atari. Game Boy tbem entra? aaah eu tive o Play 1 tbem… minha tia trouxe de NY logo que lançou… mas meu irmao vendeu… aí eu jogava aquele do carro…não sei o que for speed.

·         Sim.Tenho um PS2

·         Não.

·         Sim, Xbox 360, Playstation 2, Nintendo 64 e Megadrive (ela esqueceu de alguns, mas tudo bem.)

·         sim, tenho um play 2 e um mega drive q raramente é usado…

 

3) Sim.

·         Sim.

·         Sim.

·         Sim.

·         Sim.

·         Sim.

·         Eu jogo.

·         Sim.

 

4) Em casa, na casa de amigos, lan-houses.

·         Na casa da minha mãe e na casa de amigos.

·         Na casa de amigos.

·         Hoje em dia jogo raramente, mas quando criança jogava com meu irmão. Tive até o meu próprio GameBoy, com aquelas fitinhas de 80 jogos em 1, mas o que eu mais gostava era do Mario e do (dupla, eu tinha o jogo de um macaco… acho que era Hong Kong o nome dele, nao lembro, sabe qual é? a fitinha era amarela).

·         Eu jogava na casa das minhas primas em alta floresta (mt) e trago o ps2 p ape e tbm jogo em cotia.

·         Na casa de amigos e parentes.

·         Em casa mesmo.

·         Em casa e na casa de amigos.

 

5) Mario Kart, Winning Eleven.

·         Principalmente Guitar Hero.

·         Jogava Mario Kart há muito tempo.

·         Guitar Hero hahahaha, calma vou formular a frase bonitinha.

Apesar de ter videogame em casa, não tenho o costume de jogar. Conheci o Guitar Hero e o Rock Band na casa da minha amiga e jogo apenas quando vou lá.

Carlinha: Sua amiga é uma Carla, linda e inteligente que joga videogame pra caraleo?

Fe: hahaahahaha acrescenta-se “e que tbem é bicha”

·Guitar hero 2, lego star wars 2, crash.

·Guitar Hero e Rock Band.

·Rock band, Guitar Hero, The Urbz, Gran Turismo..mas o que eu jogo com mais frequencia é o Rock Band. (Quando eu encho o saco dela pra fechar uma cidade comigo.).

·Tenho jogado mais winning eleven, guitar hero e harvest moon.

 

6) Há pessoas e pessoas, geralmente não há um estereotipo, mas predominantemente masculino.

·         Bem humorados, inteligentes.

·         São pessoas inteligentes (pensamento rápido).

·         São pessoas nerds hahah. Na minha opinião, são pessoas que gostam de jogar e fazem disso parte de suas vidas. Não é o tipo de coisa que dá pra definir, cada pessoa tem suas manias e suas paixões.

·         Que é viciado ou que não tem mais o que fazer.

·         Pessoas com raciocínio rápido, boa coordenação motora e bem humorados.

·         São pessoas que lidam muito bem com a dinâmica, raciocínio rápido e facilidade com problemas lógicos.

Carlinha: Sua irmã é muito inteligente então?

        Paula: ela é um pouco nerd

        Carlinha: Mas te humilha no Rock Band, e é linda né?

        Paula: eu deixo ela pensar assim pra não ficar desiludida.

·tenho uma boa impressao, geralmente sao pessoas com bom nivel de concentração.

 

7) Internet, música, cinema, futebol.

·         Internet e música.

·         Cinema, música e internet.

·         Tocar violão, desenhar e dirigir (RÁ!) hahaha (Fernanda acabou de tirar a carta e ganhar um carro, por isso a felicidade expressada em onomatopéia do Sérgio Mallandro.)

·         Brincar com meus cachorros, ler.

·         Internet, música e filmes.

·         A minha vida é bem produtiva..meus hobbys são dormir, ver tv e de vez em quando dançar e cantar (sozinha)

·         fotografar a cidade…

 

8) Xbox.

·         Wii

·         Não conheço muitos, mas acho que o Playstation… Ta no 3 né?

·         Wii. se bem que eu nunca joguei ne… mas a parada tem uma balança dupla… eu sei que vc prefere o XBox.

·         Xbox 360.

·         Xbox 360.

·         Eu gostaria muito de ter um Wii mais não sei se é o melhor porque eu não entendo muito da parte técnica

·         Xbox 360.

 

 

9) Super Nintendo

·         Mega Drive (por valores sentimentais)

·         Playstation.

·         Atari.

·         Virge… Acho que Xbox também.

·         Mega Drive (tinha os jogos mais legais).

·         Gameboy color! Hahahah

Brincadeira, pra mim os mais legais são os mais tecnológicos então eu acho que os de hoje em dia estão bem próximos um do outro.

·         Putzz….  o atari marcou mt… primeiro video game e tals.

 

 

10) Mario Kart para Nintendo 64.

  • Guitar Hero e Road Rosh.
  • Mario.
  • Mario lá lá lá
  • Mario.
  • Sonic.
  • Dos que eu ja joguei acho que Rock Band
  • gostava mt do zelda pro 64, okarina’s mask eu acho.

 

Conclusões gerais: Todo mundo já jogou videogame, todo mundo conhece Guitar Hero, o Mario é o jogo preferido da maioria (qual deles, ninguém nunca saberá) e o que é PlayStation 3?

 

OBS: Cabeçalho em homenagem ao maior Nintendista disfarçado que eu conheço.

 


Live and the city

abrpm412008 13, 2008

Mulheres sempre reclamam de como é difícil achar o cara ideal por aí. É inevitável escutar comentários sobre este tópico no metrô, no ônibus, na mesa ao lado, na fila do cinema ou em qualquer outro lugar, geralmente a frase usada é a mais clichê “Como em uma cidade do tamanho de São Paulo eu não consigo achar alguém?”, pois é, agora o que eu me pergunto é “Como em um universo do tamanho da Xbox Live eu não consigo achar alguém?”.

            Eu admito que para uma gamer os critérios de escolha para o “cara ideal” são mais específicos, mas não deveria ser tão difícil assim achar alguém que prefira passar os Domingos jogando Call Of Duty 4 do que ver a nova comédia romântica da Kate Hudson com o Matthew McConaughey (qualquer uma das seis que eles estrelam por ano). Alguém que tenha como primeiro encontro ideal ver a pré-estréia do lançamento da Marvel no cinema, ou ir à Fest Comix, que se mantenha em forma porque jogar Wii cansa, e que tenha uma banda de rock animal, no Rock Band.

            Falando nisso, todo mundo sabe que músicos possuem um charme natural, e quase todas as garotas se derretem quando o cara pega um violão e começa a tocar os três únicos acordes que ele sabe de todas as músicas do Jack Johnson, John Mayer e cantores do gênero. Também tenho um fraco por “músicos”, seja Guitar Hero ou Rock Band, quando vejo um expert, fico entusiasmada. Mas é sempre a mesma história, a gente termina a música, aparece no canto superior direito da tela “dragonmaster76 has sent you a message” e lá vou eu abrir esperançosa a mensagem e me deparo com “I have to go now, school day tomorow.” Tudo bem, eu deveria ter esperado por essa de novo, mas os brasileiros não ficam atrás, são sempre aquelas conversas em que você sabe que o “tato_timao” tem quinze anos, ou o “the_best_brazil” fala tão estranhamente que só pode estar usando um daqueles aparelhos de capacete.

            Onde estão os nerds que fogem do estereotipo? Ainda vou conhecer um cara porque acabei escutando acidentalmente ele falar que o Playstation 3 é melhor do que o Xbox 360 e iniciaremos um debate na mesa do bar, e depois de tantas horas de conversa ao invés de pedir meu telefone, irá pedir minha Gamertag. E no dia dos namorados, quando minhas amigas me mostrarem as jóias, flores, chocolates e bichinhos de pelúcia que elas ganharam, eu vou falar “meu namorado me deu 4000 gamerpoints no Marketplace, esse é pra casar.”

            Enquanto meu Master Chief não aparece, eu continuo fazendo ótimas amizades em comunidades, na Live, fóruns e ocasionalmente em barzinhos quando aparece um ou outro que vem conversar sobre Winning Eleven, enfim, a vida de qualquer solteira, não é?


Sell more, play more

abrpm592008 13, 2008

            Apaixonei-me a primeira vista pelo comercial do Xbox exibido na Sony quando eu tinha 17 anos e era uma garota sem saber que rumo seguir no vestibular. Eu lembro de ter pensado “É isso, é isso que eu quero”.

            Hoje em dia não saberia responder se eu me apaixonei pelo comercial, o que me levou a prestar publicidade e propaganda, ou se foi pela mensagem do Xbox e pelo fato de já ser louca por vídeo-games desde criança.

            Mas questionamentos internos à parte, nesses anos de faculdade eu vi muitas coisas legais relacionadas ao mundo de games, e todo mundo adora uma propaganda bem bolada, uma super produção, algo de 30 segundos que te faça rir, então reuni no blog algumas das minhas propagandas preferidas relacionadas a games.

            Vou começar pela propaganda que era para ter decidido meu rumo, se eu não fosse não imatura para perceber. Intitulada “Xbox Mosquito” te contagia, e passa a mensagem essencial de que a vida é curta para passar o tempo todo trabalhando. Aumente o som.

 

 

            Life is short. Play more.

 

 

            Quando o Xbox passou para nova geração, o tema mudou de Play More para Jump In. E quase todas as campanhas com esse tema mostram como seriam os jogos em situações do nosso cotidiano e nos convidam a participar, ou seja, Jump In.

            E se os jogos de combate acontecessem na sua rua?

 

 

            A maioria dos comerciais do Xbox gera ações de guerrilha. São eventos relacionados diretamente ao comercial em que há interação de pessoas para divulgar a marca. No caso do comercial acima gerou uma gera de bexigas em várias praias dos EUA:

 

            Mesmo tema, porém este comercial foi banido da televisão.

 

 

            Este comercial gerou um viral – vídeo que circula pelas páginas do youtube e derivados como se não fosse proposital.

            É uma cena da escolha do elenco que estrelaria o comercial acima. É hilário, sempre que preciso dar umas risadas eu clico no link.

 

 

            O seguinte comercial ganhou muitos prêmios em Cannes. É intitulado The Mountain para o PlayStation 2 e teve cenas filmadas aqui no Brasil. Um dos meus preferidos.

 

 

Ok, sou fã do meu Xbox 360 de carteirinha, fanática, xiita pelo meu lindo vídeo-game, amo discussões sobre qual console é o melhor. Mas à nível de propaganda essa série do PlayStation 3 me deixou embasbacada.

Eles fizeram algo para tentar mostrar a complexidade de um console como o PlayStation 3 para muitos leigos no assunto. A sensação que você tem ao ver o comercial é de que aquela máquina realmente é uma maravilha, uma fábrica de outros mundos e outras realidades.

É meio creepy, mas é muito legal.

 

 

 

Os comerciais do Wii são aqueles toscos onde mostram vídeos com pessoas alegres jogando tênis com o Wiimote, mas eles tem alguns virais provocativos em relação à outros consoles legais.

 

PS3 vs Wii

 

 

Resposta do Nintendo Wii para a acusação de que seus consumidores haviam se machucado com o Wiimote e quebrado inúmeras televisores ao deixar o controle escapar de suas mãos:

 

 

Mas meu viral preferido é do meu queridinho Xbox 360.